• Destaques » 30/08/2013 - 08:05
   | Fonte: Portal correio / Diario da oeste | Visitas: 667 | 0 comentário\s\

    STJ determina cassação de Adriano Galdino; deputado sustenta que STF ainda irá julgá-lo

    O deputado estadual foi condenado por improbidade administrativa

  • O secretário-chefe do Governo do Estado, Adriano Galdino (PSB), foi condenado por improbidade administrativa e teve seu mandado de deputado estadual cassado, além dos direitos políticos suspensos por três anos. A decisão foi do Superior Tribunal Justiça (STJ). O relator do processo é o ministro Félix Fischer.


    Contudo, de acordo com Adriano Galdino, já tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) um recurso extraordinário que pede a revisão da decisão do juízo zonal da cidade de Pocinhos e do Tribunal de Justiça da Paraíba. A primeira e segunda instância da Justiça condenaram Adriano Galdino por contratação de cinco professores sem concurso público, enquanto era prefeito da cidade em 1999.


    Adriano Galdino informou que seu advogado de defesa já encaminhou a juíza da Comarca de Pocinhos, Alessandra Varandas de Oliveira Luna, um ofício comunicando que o processo ainda está tramitando no Supremo. A juíza até o início da noite desta quinta-feira não havia sido notificada pelo STJ da decisão do pleno.


    O presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Marcelo (PEN), já foi notificado da decisão do STF. O suplente do deputado é Francisco de Assis Quintans (DEM).

Fonte: Portal correio / Diario da oeste

0 comentário\s\

667